quinta-feira, 29 de setembro de 2011

29/9 - QUEM NÃO SE COMUNICA SE TRUMBICA

QUEM NÃO SE COMUNICA SE TRUMBICA

José Flávio Abelha*

O psicólogo canadense Marshall McLuhan lá pelos anos 60 já previa a transformação do mundo numa aldeia global. Estamos vivendo a sua previsão.
O filósofo Abelardo “Chacrinha” Barbosa, com a sua irreverência, criou com muita propriedade o corolário da teoria do canadense: “Quem não se comunica se trumbica”.
Falou e disse. Estamos morando na grande aldeia e comunicando mais velozmente do que nunca imaginado.
O velho reclame dos meus tempos de rapaz já dizia: Quem não anuncia se esconde!
Nunca se comunicou tanto quanto nos anos da ditadura Vargas. Era o DIP que se encarregava, diariamente, de propagar as coisas de Vargas. E o baixinho de Itu sabia como ninguém atrair as massas, quer através de grandes concentrações, quem em comunicação pessoal.
O presidente Vargas, democraticamente eleito, sem o DIP e com uma oposição virulenta, não conseguiu espaço na imprensa, hoje chamada de mídia, e teve de valer-se de manobra mortal, o financiamento para a criação do jornal Ultima Hora, que lhe dava cobertura.
Juscelino, um comunicador nato, obrigou a imprensa a lhe dar espaço construindo Brasília.
Contava com a Bloch e os Diários Associados, os quais, desde a primeira hora, ficaram do seu lado. Não existia O Globo para somente noticiar Brasília às vésperas da inauguração, como o fez com as “Diretas Já”, pegando o bonde andando no último ponto.
O saudoso Brizola não teve a mesma sorte. A mídia não o apoiava. O que fez o agora reconhecido profeta? Criou o TIJOLAÇO, matéria paga onde falava o que o povo precisava ouvir mas, convenhamos, com pouco eco.
Hoje, seu neto carrega o “tijolaço” com destemida bravura e é lido e repassado em inúmeros outros blogues.
Na primeira visita que o recém eleito prefeito de Conselheiro Pena, José Laviola de Matos, fez a Alvarenga, um distrito longínquo, fui testemunha de um fato singular em matéria de comunicação.
Sobre essa visita escrevi alguma coisa no meu livrete A MINEIRICE.
Estávamos nos princípios dos anos 60. Em dado momento de folga, acompanhei Laviola na visita a um fazendeiro, chefe político da região e seu eleitor.
O prefeito, tentando fazer uma pequena pesquisa, perguntou ao fazendeiro em quem votaria nas eleições de 65. O “coronel” levantou-se da cadeira, foi ao seu quarto e de lá saiu carregando uma caixa de sapatos. Lá de dentro, retirou um cartão e nos mostrou dizendo que esse era o seu candidato porque nunca se esquecera de lhe cumprimentar por ocasião do Natal.
Tratava-se de um cartão “assinado” por Juscelino e dirigido “ao meu bom amigo”. Milagres das gráficas modernas. A assinatura, em tinta azul, era “idêntica”. Com esse expediente, JK estava garantindo dezenas de votos naquele fim de mundo. Votos multiplicadores.
Em 1972 visitei o gabinete de um senador americano no Capitólio. Vi o que devia ver e o que não devia, a máquina de assinar cartões e cartas.
Nos EUA o eleitor estufa o peito e diz que vai queixar-se ao seu congressista. Escreve e recebe a resposta “assinada” pela máquina com uma caneta Bic.
Ai do congressista que não responder.
É lamentável que hoje não mais se receba qualquer comunicação dos nossos congressistas, um afago, mesmo assinado pela máquina. Nada! Se quisermos saber alguma coisa, temos de consultar blogues, ouvir a Hora do Brasil ou ver na TV uns debates anódinos e notícias dirigidas com âncoras que só fazer caras e bocas.
Lula é um comunicador excepcional, cria fatos e expectativas mas não conta com a simpatia da mídia. Fala direto ao povão. Nem seu partido nem as agremiações trabalhistas lhe dão grande espaço. Inveja, medo, sabe-se lá o que mais!
A nossa Presidenta não é de muito palavrório, fala pouco e não se comunica bem.
O jornalista Carlos Chagas, na fumaça da visita da Presidenta aos EUA, ocasião em que abriu a sessão na ONU, comentou que a mídia internacional lhe deu pouco espaço e aqui, quase nem isso.
O comentário de Chagas é irreprochável. Sendo a ONU um órgão hoje desmoralizado, pouca repercussão há no que lá se trata. O que se fala naquele clube presidido atualmente pelo Obama ninguém dá mais crédito.
Aqui, bom, aqui, convenhamos, o fato é lamentável. Bem sabemos que a mídia tupiniquim não morre de amores pela presidenta. Ao contrário, vive da solapa, do  ardil, da manha, da astúcia, da ronha, visando a sua desmoralização e, indo além, da sua derrubada, é o que estamos vendo segundo nos ensina o livrinho A Arte da Guerra.
Mas, o jornalista também lembrou, ou tocou, num ponto nevrálgico, a TV estatal que deveria ter se encarregado de transmitir as solenidades nas quais  a presidenta do Brasil compareceu. Diz Chagas que, naquelas horas, a TV estatal transmitia desenhos animados.
Não me surpreendi com as observações de Carlos Chagas.
Concordo e faço coro. Traduzindo, desde a primeira posse do presidente Luiz Inácio até esta data, hoje, dia 30 de setembro, a comunicação governamental é um fracasso total, de uma incompetência incomensurável, para não repetir o bordão daquele ancora de entorta a boca, faz biquinho e diz: é uma vergonha!!!
E é mesmo.
Sendo um blogueiro atuante, embora sem prestígio, o que não me tira o arrebatamento, tenho, de quando em quando, enviado críticas e sugestões ao partido político base da presidenta e à própria.
Nunca recebi qualquer resposta. Nem um e-mail ou um cartão expedido pela milagrosa máquina.de assinar. Nada mesmo!
Quando esteve fazendo tratamento médico para cortar o início de um câncer linfático, Dilma deve ter recebido milhares de e-mails e cartas. E, já curada, naturalmente a sua assessoria achou por bem agradecer a todos com a mensagem padrão.
Fui premiado com mensagem pessoal da Dilma.
Como bom mineiro, exclamei, UAI, eu não mandei nenhuma mensagem à distinta dama...
Sou do tempo em que ainda se usava responder cartas, cartões e telegramas.
Diretor do Clube Lajão, de Conselheiro Pena, eu fiquei encarregado de fazer sala ao nosso contratado, o grande Orlando Silva e sua companheira, Da. Lurdes. Orlando bebeu conosco e varou a madrugada cantando.
Mais ou menos um mês depois, recebi, para surpresa minha, uma carta do grande Orlando, agradecendo-me pela bela recepção, mandando abraços para o prefeito Laviola e uma foto autografada para mim. A carta está bem guardada e a foto, devidamente emoldurada, no meu escritório.
Hoje, nada mais se agradece, nada mais se comunica. A aldeia global, se encurtou a geografia, distanciou as pessoas. Namora-se pela internete, um amor virtual. Ninguém conhece ninguém.
E a nossa mídia se encarrega de distanciar, ainda mais, as pessoas dos fatos.
Ainda agora o ex-presidente Lula recebeu uma homenagem que poucas pessoas no mundo já foram honradas com tal manifestação de reconhecimento.
Nossa mídia noticiou como se noticia uma batida de carro na ponte Rio-Niterói. Nada mais. Nós blogueiros, uns mais outros menos, nos encarregamos de noticiar a boa nova.
E não é que a Vênus Platinada achou por bem jogar pó de mico na cerimônia? Leiam os blogues sérios que os leitores irão ver a lambança que o pessoal da Vênus tentou fazer.
Mais uma vez nem o partido do ex-presidente manifestou-se a respeito. Não sei se a TV estatal, no seu noticiário, prestou a devida homenagem ao seu criador. Aliás, nem sei se existe noticiário.
Como diria o âncora do biquinho:
É uma vergonha!!!

*Mineiro, Inspector of Ecology da empresa Soares Marinho Ltda.. Quando o serviço permite o autor fica na janela vendo a banda passar . Agora, agitante do blog JANELA DO ABELHA  -
http://oblogdoabelha.blogspot.com
Correspondência e colaboração favor enviar para: jfabelha@terra.com.br


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

28/9 - O Globo mente, desmente...e mente novamente


BLOG DO MELLO



Posted: 27 Sep 2011 06:21 AM PDT
O jornalismo de resultados de O Globo vai de mal a pior. E cada vez mais rápido.

Reportagem na página 4, publicada no Globo de hoje, desmente reportagem de ontem (que foi manchete de primeira página) e de quebra outra de anteontem. Nem deu tempo para o jornal virar embrulho de peixe (nos tempos de antanho) ou forro pra cocô de passarinho, cachorro ou preá.

A de ontem dizia que o governo da presidenta Dilma não havia liberado nenhum tostão para obras de prevenções de enchentes no Rio. Hoje, o jornalão se desmente:

"O Palácio do Planalto informou nesta segunda-feira que o repasse de recursos para ações de defesa civil no Rio de Janeiro chega a R$ 52,3 milhões em 2011."

Mas um erro de zero pra R$ 52,3 milhões até que foi coisa pouca, se compararmos ao cometido na edição de anteontem do Globo. Lá, havia a informação de que o programa Minha Casa Minha Vida só havia liberado R$ 3,5 milhões até o momento para a construção de casas. Agora, a informação correta:

"Nota assinada pelos ministérios do Planejamento, das Cidades e Caixa Econômica Federal diz que os valores pagos para o Minha Casa Minha Vida, em 2011, totalizam o montante de R$ 4,34 bilhões."

Fica aí, "de grátis", um bom slogan para o jornalão do Oligopólio Globo: O Globo escreve hoje o desmentido de amanhã.
Posted: 26 Sep 2011 05:07 PM PDT
O jornal O Globo (do Oligopólio Globo) deu manchete e reportagem de página inteira em seu primeiro caderno de hoje criticando o governo federal, que não estaria liberando verbas para prevenção das enchentes de verão, como a última, que atingiu a Região Serrana do Rio, provocando quase 600 mortos e desabrigando dezenas de milhares de famílias.

Essas obras de prevenção são essenciais para evitar ou atenuar tragédias que se repetem todos os anos, como deslizamentos de terra em áreas de risco. No caso do Estado do Rio, foram reservados R$ 7 milhões para apoio a obras preventivas, mas nenhum tostão foi liberado até agora.

Mas a preocupação demonstrada hoje por O Globo contrasta com a posição do jornal há aproximadamente um ano, quando o governo do Rio desviou R$ 24 milhões, que deveriam ser usados para a prevenção de enchentes, e os entregou para a Fundação Roberto Marinho (do Oligopólio Globo).

O anúncio foi feito pela comunicação da Secretaria do Ambiente do RJ:

– Nossos recursos serão usados principalmente na parte de conteúdo do museu. Consideramos o museu uma instituição importante, por tratar de forma lúdica e interativa a questão do desenvolvimento sustentável e do meio ambiente, entre outros temas, numa perspectiva futura. É uma oportunidade que teremos de transmitir para a população, em geral, e para a juventude, em especial, esses conhecimentos que despertam a consciência – afirmou a secretária do Ambiente, Marilene Ramos.

O tal conteúdo do museu de que fala a secretária nós não pudemos apreciar, pois o Museu da Fundação Roberto Marinho ainda não tem um tijolo de pé, embora já tenha recebido mais de R$ 200 milhões do governo do estado e da prefeitura do Rio. Mas que as verbas fizeram falta, fizeram. Pois nem três meses depois, aconteceu a tragédia da Região Serrana.

A Folha de S.Paulo denunciou que o governo do Rio tinha estudos de 2008 que mostravam o alto risco de tragédia na região:

O risco de um desastre na região serrana do Rio de Janeiro, como o que ocorreu nesta semana e já deixou pelo menos 547 mortos, havia sido apontado desde novembro de 2008 em um estudo encomendado pelo próprio governo do Estado, informa Evandro Spinelli.

A situação mais grave, segundo o relatório, foi identificada exatamente em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, cidades com o maior número de mortes em razão das chuvas intensas.

No entanto, o governo Cabral ignorou os estudos e destinou a verba para a Fundação Roberto Marinho, sem que se lesse uma notinha sequer criticando a medida no mesmo O Globo.

Diante da atitude hipócrita do jornal, fica a dúvida:

  1. estão arrependidos e, sentindo-se culpados, defendem as verbas agora para que a catástrofe não se repita;
  2. ou só querem mais verbas para que sejam novamente encaminhadas para a Fundação Roberto Marinho

28/9 - Lula é ovacionado por estudantes ao receber título na França

FONTE:soniaamontenegro@gmail.comLula é ovacionado por estudantes ao receber título na França
     27/9/2011


Lula recebe na França mais um título de doutor honoris causa

LÚCIA MÜZELL

Direto de Paris



Batucada na entrada, cenas de histeria na saída. Foi em um clima de ídolo
juvenil que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta
terça-feira, em Paris, o título de doutor honoris causa da Sciences Po, uma
das instituições de ensino mais importantes da França. Lula ainda teve o
discurso interrompido diversas vezes por aplausos e, ao final da cerimônia,
teve direito a uma homenagem com carregado sotaque francês: em português e
com a letra nas mãos, os alunos entoaram "vem, vamos embora, que esperar não
é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer", refrão da famosa
música 'Para dizer que não falei de flores', de Geraldo Vandré.

Esta foi a primeira vez que a Sciences Po entregou um doutorado honoris
causa a um latino-americano e o segundo título do gênero recebido pelo
ex-presidente por instituições internacionais - o primeiro foi da
Universidade de Coimbra, em Portugal. Lula se alongou por 40 minutos para
agradecer ao título, em um auditório lotado por 500 pessoas, entre
estudantes, jornalistas e acadêmicos destacados da universidade, como o
respeitado sociólogo Alain Touraine, que é amigo do também ex-presidente
brasileiro Fernando Henrique Cardoso.

A sala era decorada por bandeiras do Brasil, erguidas pelos jovens que, ao
encerramento do evento, gritavam o nome do ex-presidente, se empurravam para
se aproximar dele, pediam autógrafos e até choravam ao conseguir uma foto ao
lado de Lula. O petista não economizou beijos, abraços e poses junto aos
estudantes quando tentava deixar a instituição.

"Embora eu tenha sido o único governante do Brasil que não tem diploma
universitário, já sou o presidente que mais fez universidades na história do
Brasil", disse, em um discurso recheado não apenas de dados favoráveis ao
seu governo, como de brincadeiras que fizeram o público rir em diversas
ocasiões. "Eu perdi muito, gente. Se vocês um dia quiserem conversar com um
cara que perdeu muito, me procurem. Mas também fui o cara que quando ganhou,
soube tirar lições das derrotas para ajudar a mudar a história do meu País."

O ex-sindicalista comentou a atual crise econômica mundial, para a qual vê
apenas uma iniciativa política conjunta como solução. "Eu via tanta gente
sabida na Europa e nos Estados Unidos, que dava tanto conselho econômico,
que quando começou a crise, eu falei: os especialistas lá vão resolver a
crise em três dias. Qual não foi a minha surpresa quando eles se esconderam.
Ninguém sabia mais nada: o Banco Mundial não sabia mais nada, o FMI não
sabia mais nada, a Comissão Europeia também não."

Lula também arrancou aplausos da plateia ao descrever o percurso da atual
presidente do Brasil, Dilma Rousseff, durante os anos da ditadura, e
terminou de conquistar os últimos fãs franceses ao incitar os jovens a não
desistirem da política - a Sciences Po forma a maioria dos governantes
franceses. "Vocês ficam idealizando o político ideal. Pois olhem para vocês
mesmos: esse político pode ser um de vocês."

O petista estava acompanhado de dois ex-ministros, José Dirceu e Márcio
Thomaz Bastos, e do atual ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que estava em
Paris para participar de uma reunião ministerial do G20, o grupo dos 20
países mais ricos do mundo. O ex-presidente preferiu não conversar com a
imprensa após o evento. Ele fica na capital francesa até amanhã, quando deve
se encontrar com o primeiro-secretário do Partido Socialista, Harlem Désir.
Os líderes do partido estão em plena campanha para as primárias internas,
que vão designar o candidato para as eleições presidenciais francesas em
2012, contra o atual presidente, Nicolas Sarkozy. Na segunda-feira, Lula
encontrou-se com Sarkozy no palácio do Eliseu, a sede da presidência
francesa, a convite do governante.



Publicação original no:

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5380716-EI7896,00-Ao+receber+diploma+Lula+e+ovacionado+por+estudantes+na+Franca.html

E-mail verificado pelo Terra Anti-Spam.
Para classificar esta mensagem como spam ou não spam, visite
http://ecp.terra.com.br/cgi-bin/reportspam.cgi?+_d=SCYzNzExMzA2I3Blcm0hdGVycmEmMSwxMzE3MTgxNjE2LjUwNzM2LjE2NjU1LmVtYnJvLnRwbi50ZXJyYS5jb20sNDY5MTQ=TerraMail
Verifique periodicamente a pasta Spam para garantir que apenas mensagens
indesejadas sejam classificadas como Spam.

clip_image002.jpg

28/9 - A mais nefasta das heranças malditas legadas pelo FHC.


Essa é, talvez, a mais nefasta das heranças
malditas legadas pelo FHC.
 
---
Silvio de Barros Pinheiro.
Santos.SP.
 
 

Exame da Ordem

Sai resultado preliminar do desempenho das faculdades no Exame da OAB

De A Tribuna On-line

Créditos: Divulgação
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou o resultado preliminar do 4º Exame da Ordem com o desempenho dos bacharéis de Direito divididos pelas instituições nas quais eles se formaram.

Na Baixada Santista, o melhor desempenho foi dos bacharéis da Universidade Católica de Santos (UniSantos). A instituição ocupa a 428ª posição do ranking, com 9,72% dos candidatos aprovados. Entre as universidades de São Paulo, a UniSantos ocupa a 56ª posição.

O curso do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte) aparece 66 posições atrás da UniSantos. Ela é a segunda melhor colocada no exame entre as instituições da região. Dos 58 bacharéis inscritos, 5 foram aprovados na segunda fase. No ranking estadual, o Unimonte ocupa a 72ª posição.

> Confira o desempenho das instituições
Entre as instituições de Ensino Superior da região, a Universidade Santa Cecília (Unisanta) ocupa a terceira posição. Dos 104 estudantes inscritos, 7 foram aprovados. A universidade ocupa a 102ª posição no ranking nacional.

De acordo com a OAB, cerca de 2 mil estudantes entraram com recurso para revisão de suas notas no exame. O resultado final será divulgado no dia 4 de outubro. Quem não foi aprovado poderá fazer uma nova tentativa.

Veja o desempenho das instituições da região:
Universidade Católica de Santos (UniSantos) – 428ª posição  (a dos padres).
Centro Universitário Monte Serrat (Unimes) – 494ª posição

Universidade Santa Cecília (Unisanta) – 632ª posição

Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) – 690ª posição

Universidade Paulista (Unip) – 7 22ª posição

Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp) – 722ª posição


28/9 - Museu do Oligopólio Globo: Só amanhã

BLOG DO MELLO


Posted: 27 Sep 2011 11:35 AM PDT
Bancado com dinheiro público vindo do governo do estado e da prefeitura do Rio, o Museu do Amanhã da Fundação Roberto Marinho (do Oligopólio Globo) é um projeto, ainda apenas um projeto, e não se sabe até quando somente um projeto, que já triplicou de preço, desde que foi anunciado, como revela a Folha:

"A estimativa de custo para a construção do Museu do Amanhã, projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, triplicou em apenas um ano."

Além de receber R$ 24 milhões do governo do Rio, verba desviada do combate às enchentes, o projeto levou R$ 130 milhões da prefeitura, e ainda não colocou um tijolo em pé. Detalhe: há mais de um ano.

O Museu deveria ficar pronto em 2012. Pulou para 2013. E há quem fale em 2014. Ou 15. Assim como deve aumentar ainda mais o orçamento original. Porque o arquiteto é exigente. Segundo a mesma reportagem da Folha:

"Servidores [da prefeitura do Rio] foram a Milwaukee (EUA) para analisar o museu de arte da cidade, também projetado por Calatrava e com estrutura semelhante ao museu carioca.

- Descobriram que a cobertura foi trazida da Espanha de avião. Foi montada e testada na Espanha, colocada num avião e levada para lá [Milwaukee]."

E se o arquiteto resolver fazer o mesmo com o Museu do Rio e mandar montar a cobertura na Espanha? Não é pouca coisa. Repare como deve ficar o Museu do Amanhã, segundo a prefeitura do Rio:



Mas, ele hoje está assim, segundo o Google Maps:


Pela imagem, o Museu está mais para Espiridião Amim do que para Álvaro Dias - segundo meu capilômetro caseiro. E já há quem veja o Museu numa placa de botequim:

You are subscribed to email updates from Blog do Mello

28/9 - Depois não venha me dizer "Cansei"!

FONTE: castorphoto@gmail.com
De: Jose Augusto Valente 

Se vc é realmente contra a corrupção, prestigie um dos principais instrumentos para isso, criado no governo Lula: o Portal da Transparência.
Acompanhe, discuta, divulgue.
Exija que o (a) seu (sua) governador (a) e prefeito (a) disponibilizem os seus portais da transparência, com a mesma facilidade de acesso e de navegação deste do governo federal.
Não será muito mais eficaz do que só ficar praguejando e fazendo "cansativas" caminhadas?
José Augusto Valente

Portal T1 - Logística e Transportes
http://agenciat1.com.br







28/9 - MIGLHAS de 28/9/11


Quarta-feira, 28 de setembro de 2011 - Migalhas nº 2.724 - Fechamento às 10h35.

"O verbo é a origem de todas as reformas."
Machado de Assis
(Clique aqui)
1
Inventou-se (o verbo é este mesmo) um imbróglio entre a presidência e a corregedoria do CNJ. Tudo se deu porque a ministra Eliana Calmon, corregedora, disse que entre os tantos problemas da toga um deles era que havia a infiltração de bandidos. A declaração, dada em veículo pequeno, não teria grande repercussão (aqui, por exemplo, não viu eco) não fosse o fato de que o ministro Peluso, presidente, incomodou-se com a fala e chamou a ministra à fala. Com efeito, ele ontem leu uma nota dizendo que a baiana fez uma "acusação leviana". Estava, assim, forjado o mal-estar. Aliás, clima nada apropriado para o que vai se dar a partir de hoje, quando o STF julga a competência do CNJ para punir juízes. (Clique aqui)
2
Como já se disse, está hoje na pauta do STF a ADIn na qual a AMB questiona a constitucionalidade da resolução 135, do CNJ, que dispõe sobre a uniformização de normas relativas ao procedimento administrativo disciplinar aplicável aos magistrados. Para a associação dos magistrados, o CNJ só tem lugar após a atuação das corregedorias dos Tribunais. Ou seja, tem um papel subsidiário. E olhe lá.  (Clique aqui)
3
A animosidade produzida ontem foi de tal ordem que será prova de sapiência se o STF retirar a ação de pauta. Neste ambiente, vamos e venhamos, não se pode ter a recomendável isenção de espíritos. (Clique aqui)
4
Editorial da Folha de S.Paulo : "os ministros do Supremo decidirão se o CNJ tem condições de corresponder à expectativa da sociedade e enfrentar os desvios no Judiciário ou se fará apenas um papel decorativo no jogo de poder da Justiça brasileira".
____________

28/9 - Notícias de São Paulo

De: Paulo Dantas 


JUSTIÇA OBRIGA TRANSPARÊNCIA DOS ATOS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SP  E CPI JÁ PARA APURAR PROPINAS NA VENDA DE EMENDAS DOS DEPUTADOS PAULISTAS EM CONLUIO COM GOVERNO DE SP E EMPRESÁRIOS
 
STF DETERMINA QUE ALESP PUBLIQUE RELAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS E SUAS RESPECTIVAS LOTAÇÕES
Estadão - 28/09/2011
STF obriga Assembleia a contar funcionários
Informação que  a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP)  se recusou a revelar durante onze anos, número de servidores tem de ser tornado público conforme a Justiça.
O Supremo Tribunal Federal (STF) rechaçou ofensiva derradeira do Legislativo paulista, que pretendia fulminar a ordem judicial por meio de recurso extraordinário.
A relação de funcionários - cerca de 4 mil - e suas respectivas lotações são um tabu no Palácio 9 de Julho, sede da Assembleia estadual. Um número que se sabe ao certo é o de parlamentares, 94. Dados sobre gastos com folha de pessoal são preservados.
Ação civil pública foi proposta em 2000 por uma entidade fundada por alunos de Direito de São José dos Campos, a Associação de Defesa da Harmonia da Ordem Constitucional, que se insurgiu ante suspeitas de fantasmas remunerados na Casa. A ação foi vitoriosa em todos os níveis do Judiciário. No dia 27 de maio, no STF, a então ministra Ellen Gracie, relatora, deu voto decisivo, de acordo com manifestação da Procuradoria-Geral da República: "A transparência é princípio constitucional que decorre do regime democrático e sujeita todos os Poderes da República".
 
CPI JÁ PARA APURAR PROPINA ORIUNDA DE VENDA DE EMENDAS DEPUTADOS ESTADUAIS DE SP
 
[De acordo com o parágrafo 5º, do artigo 34, do Regimento Interno da Alesp, é possível a criação de uma sexta CPI  mediante projeto de resolução,  desde que o pedido tenha, pelo menos, 32 assinaturas de deputados, e seja aprovado por maioria absoluta de votos, ou seja, tenha, no mínimo, 48 votos favoráveis]
 
AP
PT quer CPI para apurar venda de emendas
Os deputados do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo apresentaram pedido de CPI para investigar denuncia de venda de emendas e atendimento a lobby de empreiteiras junto a administrações municipais, feita recentemente pelo deputado Roque Barbiere (PTB), inicialmente a um canal de internet e posteriormente reiterado em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.
Diferentemente do que acontece no governo federal, o governo do Estado não oferece nenhum sistema de controle externo das emendas a que deputados estaduais têm direito

Jornal da Tarde
Assembleia: Oposição tenta convocar Bruno Covas
Enquanto o deputado Roque Barbiere (PTB) não aparece na Assembleia Legislativa para explicar a denúncia sobre vendas de emendas parlamentares, o líder do PT na Casa, Ênio Tatto, afirmou que irá pedir uma CPI para investigar o caso. Além disso, os dois petistas que integram o Conselho de Ética tentarão convocar o deputado Major Olímpio (PDT) e o atual secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB), a prestar esclarecimentos sobre declarações feitas sobre a prática.
Deputado licenciado e pré-candidato tucano à Prefeitura de São Paulo, Covas disse em entrevista ao Grupo Estado há cerca de um mês ter recibo uma oferta de propina no valor de R$ 5mil por parte de um prefeito beneficiado por uma emenda parlamentar de sua autoria. Já o pedetista afirmou ter ouvido de uma presidente de entidade o relato sobre o esquema utilizado por alguns deputados para ficar com parte dos R$ 2 milhões destinados a emendas

iG / AE
Oposição tenta convocação de Bruno Covas
Deputados da oposição colocam em suspeição o recuo do secretário nas declarações de que um prefeito teria lhe oferecido propina

CartaCapital
Falta Roquinho dar nome aos bois
Mas desde a divulgação da entrevista do deputado Roque Barbiere (PTB-SP), mais conhecido como Roquinho, surgiram indícios de que as suas acusações podem ter procedência

EDITORIAL DO ESTADÃO PEDE RIGOR NA APURAÇÃO E CITA BRUNO COVAS COMO PRIMEIRA BAIXA DO ESCÂNDALO DAS EMENDAS
Estadão - 28/09/2011
Editorial - O tráfico de emendas em SP - Bruno Covas é a primeira baixa do escândalo da Assembleia Legislativa de SP
[Neste editorial, o jornal defende rigorosa apuração da denúncia e cita que Bruno Covas é a primeira baixa do escândalo da Assembleia de SP ao se contradizer, posteriormente,  a respeito da cobrança dos 10% de propina que relatou ao jornal]
O tráfico de emendas parlamentares é uma endemia do sistema político brasileiro. O deputado estadual Bruno Covas, secretário de Meio Ambiente, contou há cerca de um mês ao Estado que, depois de emplacar uma emenda de R$ 50 mil para um município, o prefeito o procurou para saber com quem ele devia deixar "os R$ 5 mil". O neto do ex-governador sugeriu que os doasse à Santa Casa. "Eu que não vou ficar com isso", teria rebatido. Agora, bem no dia em que se lançou pré-candidato à Prefeitura paulistana, o tucano negou que tivesse relatado um episódio real. "Estava dando um exemplo hipotético", recuou, à toa. É a primeira baixa do escândalo da Assembleia

DENÚNCIA OBRIGA GOVERNO ALCKMIN A TER TRANSPARÊNCIA
JT
Alckmin promete divulgar convênios do Estado até sexta
O governador Geraldo Alckmin confirmou hoje que até o final da semana estarão publicadas na internet todas as emendas parlamentares referentes a convênios do Estado em 2010 e 2011.
As denúncias serão investigadas pela Comissão de Ética da Casa a partir de requerimento do deputado Carlos Gianazzi (PSOL).
A investigação também é defendida pelo deputado Marcos Zerbini (PSDB). “Toda denúncia tem de ser investigada. Agora, é importante que elas sejam acompanhadas de provas, senão fica um clima de especulação que é ruim para toda a Assembleia

MAIS NOTÍCIAS SOBRE VENDA DE EMENDAS NA ALESP
Google
Leia mais

Jornal da Gazeta
Vídeo: Negociatas com dinheiro do contribuinte paulista
Assembleia legislativa de São Paulo vai apurar a acusação de que deputados estaduais enriqueceram vendendo emendas parlamentares e fazendo lobby para empresas. A denúncia foi feita pelo deputado estadual Roque Barbiere, do PTB. Após reunião na tarde de hoje, deputados querem que Barbiere seja convocado para prestar esclarecimentos

Band
Apuração do enriquecimento ilícito de deputados estaduais paulistas

NACIONAL

CRISE NO JUDICIÁRIO -  PARCELA DE MAGISTRADOS SERIAM "BANDIDOS DE TOGA"
Estadão
Fala de corregedora sobre 'bandido de toga' abre crise no CNJ
BRASÍLIA - Uma crise sem precedentes se instaurou no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As declarações da corregedora, Eliana Calmon, que disse haver hoje "bandidos de toga" no Judiciário levou o presidente do CNJ, Cezar Peluso, a exigir a publicação de nota oficial contra as afirmações. O texto foi lido na sessão desta terça-feira, 27, pelo próprio Peluso, e na presença da corregedora, mas o nome de Eliana Calmon não foi citado na nota

Observatório da Imprensa - 28/09/2011
CRISE NO JUDICIÁRIO - O debate tardio na imprensa - por Luciano Martins Costa
A imprensa despertou tarde demais para a crise na cúpula do Judiciário. O Supremo Tribunal Federal deve julgar na quarta-feira (28/9) ação da Associação dos Magistrados Brasileiros, que pretende reduzir o poder do Conselho Nacional de Justiça, sem que o assunto tenha sido suficientemente debatido na sociedade. Dos três principais jornais de circulação nacional, a Folha de S.Paulo é o que menos investe no tema na edição de quarta-feira, sem qualquer menção na primeira página. O Globo, destacadamente, e também o Estado de S.Paulo, trazem o assunto em manchete e ajudam o leitor a entender que está em jogo a credibilidade de todo o sistema da Justiça no Brasil

Conversa Afiada
Fechamento do CNJ: Calmon X Peluso. Há bandidos atrás da toga?

JUSTIÇA APROVA PSD
Folha
Justiça Eleitoral aprova criação do PSD de Kassab
Por 6 votos a 1, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou nesta terça-feira a criação do PSD, partido idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. O julgamento do pedido de registro, que começou na semana passada, foi concluído hoje. Com a decisão, o partido poderá disputar as eleições municipais do ano que vem

Reuters
ANÁLISE-PSD deve nascer alinhado ao governo Dilma
SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - O Partido Social Democrático (PSD), idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e cujo pedido de registro deve ser aprovado pelo TSE nesta terça-feira, nasce alinhado ao governo Dilma Rousseff, segundo analistas e líderes políticos

ONGs BARRADAS NO MINISTÉRIO DO TURISMO
iG
Novo ministro do Turismo barra todos os convênios com ONGs
Em entrevista em vídeo ao iG, Gastão Vieira explica relação com família Sarney e defende políticas para brasileiro viajar mais

LULA RECEBE TÍTULO DE DOUTOR HONORIS CAUSA EM PARIS
AB
Em Paris, Lula recebe o título de honoris causa do Instituto Sciences Po
O diretor da Sciences Po, Richard Descoings, disse que o ex-presidente "mudou a imagem do Brasil". Segundo ele, foram levados em consideração para a concessão do título os programas sociais promovidos durante o governo Lula

PEDIDO DE EXPULSÃO
iG
Mulheres do PT pedem expulsão de estuprador

CÂMERA ESCONDIDA FLAGRA VEREADOR GAÚCHO FAZENDO SEXO COM MENORES
JR
Vídeo: Vereador é flagrado por câmera escondida com adolescentes no Sul do país
O vereador recebia as adolescentes no escritório de advocacia que mantém na cidade. Em todas as visitas as jovens eram pagas para manter relações sexuais com o parlamentar. O vídeo foi gravado pela adolescente que fez a denuncia a polícia. Ela teve ajuda de uma amiga que também participou de encontros com o vereador Décio Franzen

MOVIMENTO SINDICAL
iG
Crise e inflação prejudicam acordos salariais e estimulam greves
Negociações para reajustes neste ano ocorrem em cenário mais conturbado tanto para empresários quanto para trabalhadores

Leia também:

  • Greves dificultam pagamento de contas

  • Governo confirma corte de ponto de grevistas dos Correios

  • Em greve, professores ocupam Assembleia em MG

  • Professores em greve do Ceará protestam na Assembleia


  • SÃO PAULO, CAPITAL & INTERIOR

    DISPUTA DA PRÉ-CANDIDATURA  PETISTA PREFEITO DE SÃO PAULO
    Folha
    Grupo de Haddad ameaça grupo de Marta no PT com corte de verba
    Aliados do ministro Fernando Haddad (Educação) aumentaram a pressão para tentar atrair petistas ligados à senadora Marta Suplicy na disputa interna que definirá o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo em 2012.
    Integrantes do grupo dele usam os nomes do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff e dizem que os colegas que permanecerem fiéis à ex-prefeita podem ser reataliados com perda de espaço no governo e até de verba para futuras campanhas

    SHOPPING CENTER NORTE X CETESB: HÁ OU NÃO RISCO DE EXPLOSÃO
    Folha
    Center Norte contesta Cetesb e diz que mantém funcionamento
    O shopping Center Norte (zona norte de São Paulo) informou nesta terça-feira, por meio de comunicado, que mantém a normalidade de suas operações e que está tomando as medidas legais e administrativas em relação à decisão da prefeitura que determina o fechamento do estabelecimento

    28/9 - A PRIMAVERA MINEIRA ( blog BRASIL! BRASIL!)

    BRASIL! BRASIL!



    Posted: 27 Sep 2011 05:07 PM PDT

    Quando mineiro decide virar a mesa, poderosos do resto do País percebem que nada mais se garante apenas por inércia, quem duvida que consulte a História

    Fernando Pawlow, Brasil 247

    Os manifestantes de sábado contra o prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda não devem ser subestimados por sua inferioridade numérica, centenas ou milhares são certamente os formadores de opinião em seus bairros, quem conhece a política mineira (ou mesmo apenas a belorizontina) sabe que as tempestades nestas ruas começam com pingos espaçados.

    Quem não se lembra da própria eleição de Lacerda no segundo turno que quase não houve? Os círculos de comentadores de manchetes de jornais na Praça Sete murmuravam nos dias próximos á eleição contra o candidato do PMDB, e o centro de BH, onde nos dias do primeiro Turno a vitória de Leonardo Quintão era tida como certa, se revelou chão do candidato da situação. Os erros de campanha (Quintão se recusou até o último minuto a atacar os problemas da capital, do transporte coletivo à insatisfação nos bairros pobres, que desconhecem as maravilhas oficiais recitadas nos órgãos de imprensa), o desempenho pífio nos debates desencantaram dia a dia, discreta mas velozmente, os eleitores da candidatura que quase venceu no Primeiro Turno. Portanto, se a prefeitura se ri do volume humano das manifestações... ri da gestação de uma primavera mineira, na qual a massa se converte em povo e recusa o cabresto dos caciques estaduais e municipais que elegeram um poste através de aliança celebrada entre partidos adversários no plano nacional que foi louvada como exemplo de concórdia a ser seguido caso o Brasil desejasse ser país civilizado politicamente,como se o domínio de uma máquina contra dissensões fosse um avanço.”
    Artigo Completo, ::Aqui::


    Posted: 27 Sep 2011 04:59 PM PDT

    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e a ex-senadora e candidata derrotada à Presidência da República Marina Silva (sem partido) deram nesta terça-feira indicações de que podem se tornar aliados próximos, ao se elogiarem mutuamente durante evento organizado pelo Instituto FHC, entidade que o ex-presidente criou para defender suas posições neoliberais e conservadoras e instrumentalizar sua ação político-partidária.

    Vermelho

    FHC começou seu discurso dizendo que o auditório estava cheio por causa do “fascínio” que Marina exercia sobre as pessoas.

    O ex-presidente disse que os dois mantêm bom relacionamento há muito tempo. Referiu-se à troca de cartas que faziam quando ela era senadora pelo PT do Acre e ele presidente da República.

    "Marina é uma pessoa íntegra que diz as coisas com sinceridade", disse o ex-presidente neoliberal.

    Marina Silva que já se despiu de todo traje progressista com que outrora conquistou notoriedade como militante petista, afagou o decadente líder tucano: "o senhor tem uma responsabilidade muito grande em relação a esse debate. Referia-se ao tema ambiental. Marina compareceu ao ninho do tucano para falar sobre o Código Florestal, aprovado pela Câmara dos Deputados e em tramitação no Senado.”
    Matéria Completa, ::Aqui::


    Posted: 27 Sep 2011 04:53 PM PDT

    Alana Gandra, Agência Brasil

    “A indústria brasileira de softwares (programas de computador) e serviços de tecnologia da informação (TI) está crescendo acima do Produto Interno Bruto (PIB), a soma dos bens e serviços produzidos no país. De acordo com dados do Observatório Softex, unidade de estudos e pesquisas da Sociedade Softex, o crescimento médio real observado entre 2003 e 2009 atingiu cerca de 8%.

    “Você tem um movimento das pequenas (empresas), que estão ganhando robustez, apesar de a concorrência estar muito acirrada para o setor. Você tem um crescimento importante de receita, mas tem também uma concorrência para algum tipo de atividade que está se intensificando com o tempo”, disse à Agência Brasil a gerente do Observatório Softex, Virginia Duarte. Ela participa do 9º Encontro Nacional de Tecnologia e Negócios (Rio Info 2011), que começa hoje (27) no Rio.

    Até 2016, a projeção é que o setor de TI nacional cresça em torno de 7,7% ao ano. “Ainda  acima do PIB, mas um pouco menor do que a gente viu para o período anterior. Há uma tendência de desaceleração do crescimento, mas não muita”. A previsão considera um PIB moderado de 4,5%  ao ano, até 2016. Virginia disse que se a economia crescer acima de 4,5%, a tendência é que a indústria fique mais aquecida.

    Para o ano de 2011, a estimativa é que o faturamento do setor de software e serviços de TI atinja R$ 63 bilhões. A expansão será superior a 7% em relação a 2009, disse Virginia. Não há ainda números relativos a 2010, informou.”
    Matéria Completa, ::Aqui::


    Posted: 27 Sep 2011 04:47 PM PDT



    Posted: 27 Sep 2011 04:42 PM PDT
    Estadão.com.br / Radar Político

    “A bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo vai propor a instalação de uma CPI para investigar a suposta prática de venda de emendas entre deputados da Casa. A decisão foi anunciada após reunião da bancada, no início da tarde desta terça-feira, 27.

    Para aprovar a instalação a CPI, os petistas precisam de no mínimo 32 assinaturas. Além dos 24 deputados do PT, o partido deve ter o apoio de mais quatro da oposição: Major Olímpio (PDT), Carlos Gianazi (PSOL) e os dois deputados do PCdoB, Leci Brandão e Pedro Bigardi.

    As denúncias de que cerca de “25% a 30%” dos deputados vendem emendas parlamentares na Casa, feitas pelo deputado Roque Barbiere (PTB) serão investigadas pelo Conselho de Ética da Assembleia. O Ministério Público Estadual também já investiga o caso.

    Com a CPI das emendas, o PT, que tenta sem sucesso instalar investigações na Alesp, quer constranger o restante da Casa. Pelas regras atuais da Assembleia, no entanto, apenas cinco CPIs podem funcionar simultaneamente. Desde agosto, parlamentares vêm tentando mudar o regimento para permitir a instalação de uma sexta CPI. / Informações de Fernando Gallo, de O Estado de S.Paulo”


    Posted: 27 Sep 2011 04:34 PM PDT

    Envolverde

    “Enquanto a Somália sofre sua pior fome em seis décadas e o Iêmen desliza para uma guerra civil, o governo dos Estados Unidos expande sua rede de bases para realizar ataques com aviões não tripulados contra suspeitos de terrorismo nos dois países. Baseando-se em parte em novos telegramas diplomáticos norte-americanos divulgados pelo grupo WikiLeaks, o jornal The Washington Post informou, no dia 22, que as forças norte-americanas lançaram ataques com aviões não tripulados sobre esses dois países, a partir de uma instalação militar no Djibuti, e que planejam construir uma segunda na Etiópia.

    O The Washington Post e o The Wall Street Journal também informaram que uma base em Seychelles, utilizada pelas forças dos Estados Unidos para enviar aviões de vigilância, agora contaria com naves armadas capazes de levar sua carga mortal ao longo dos mais de 1.500 quilômetros que separam esta ilha do Oceano Índico do Chifre da África, e regressar. A nova “constelação” de bases de aviões não tripulados também incluirá uma da Agência Central de Inteligência (CIA) que a administração anunciou no começo deste ano que estaria localizada na Península Arábica.

    Essa instalação seria construída na Arábia Saudita, segundo um “alto funcionário militar norte-americano” citado em um informe de rede de TV Fox News no dia 22. “As operações na Arábia Saudita são a única nova expansão deste plano”, disse a fonte. “O restante funciona há mais de um ano, quando nos demos conta do perigo que representava a AQPA” (Al Qaeda na Península Arábica), acrescentou. A AQPA é uma célula terrorista iemenita que teria consolidado seus vínculos com o grupo radical islâmico somaliano Al Shabaab.

    A IPS telefonou para o Departamento da Defesa em Washington a fim de confirmar se instalaria uma nova base na Arábia Saudita, mas não recebeu resposta. Entretanto, Chas Freeman, ex-embaixador norte-americano em Riad, que mantém boas ligações com o governo saudita, disse que a versão é “altamente plausível”, devido à “estreita e forte” cooperação contraterrorista entre os dois países e a proximidade geográfica da Arábia Saudita com o Iêmen.”
    Artigo Completo, ::Aqui::


    Posted: 27 Sep 2011 04:25 PM PDT


    “Pesquisa encomendada pelo diretório municipal do PT mostra que 70% dos paulistanos querem mudanças na maior parte ou na totalidade das políticas públicas da gestão Gilberto Kassab, embora a maioria dos 1.786 entrevistados reconheça que o prefeito fez coisas importantes para a cidade. A um ano de voltar às urnas, o eleitor sente saudade do Kassab de 2008 e espera encontrar um candidato semelhante em 2012.

    Segundo o estudo, feito entre 24 e 30 de agosto e mostrado na semana passada à bancada de vereadores do PT, 26% dos entrevistados defendem a continuidade da maior parte ou de todas as políticas de Kassab, ante 41% que pregam total mudança nas ações da atual gestão. Mesmo onde a avaliação do prefeito é positiva - a macrorregião classificada pela pesquisa como nobre, reunindo bairros como Jardim Paulista, Perdizes, Vila Mariana e Tatuapé, entre outros -, a maioria quer mudança na maioria ou na totalidade das ações de Kassab. 

    O contraste entre as áreas em que o prefeito é bem avaliado e as que são consideradas prioritárias pelos paulistanos ajuda a entender esse quadro. Kassab obtém as melhores notas em setores como limpeza urbana, conservação de ruas e praças e lazer e cultura, que os eleitores veem como itens de baixa prioridade. À medida que a importância das áreas cresce, a nota dada a Kassab cai. Para o paulistano, a Prefeitura está trabalhando, mas não está fazendo a diferença no que mais importa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.”


    Posted: 27 Sep 2011 04:01 PM PDT

    Gerson Camarotti, O Globo

    “Integrantes da bancada do PSDB na Câmara criticaram duramente a divulgação pelo partido de pesquisa encomendada ao cientista político Antonio Lavareda. A pesquisa, revelada pelo GLOBO no sábado, mostra que, se a eleição fosse hoje, Dilma ganharia no primeiro turno.

     O ex-líder do PSDB, Jutahy Junior (BA), atacou duramente a estratégia do partido, de divulgar números negativos contra o próprio PSDB.
    - O PSDB decidiu fazer divulgação seletiva contra o partido. Quanto pagamos para falar mal da gente? Foi feito um vazamento seletivo para gerar fatos negativos. - disse

    Ele criticou ainda a autonomia do contratado para fazer comentários e distribuir partes da pesquisa. O tucano questiona também o fato de pesquisa ter sido usada negativamente pelo ex-ministro José Dirceu. Em seu blog, Dirceu disse que, para os entrevistados, o governo Fernando Henrique Cardoso ganha o primeiro lugar em matéria de tolerância com a corrupção.

    Segundo a pesquisa, hoje Dilma teria 59% dos votos válidos, José Serra apenas 25%, e Marina Silva 15%. Na eleição passada, Serra teve 32,6% e Marina 19,3%, o que levou a disputa para o segundo turno.

    Jutahy vai cobrar explicações do presidente do partido, o deputado Sérgio Guerra (PE). Já o líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), convocou a bancada para falar sobre a pesquisa.”


    Posted: 27 Sep 2011 03:49 PM PDT

    Muito mais significativo diante do profundo conservadorismo brasileiro do que ser governado por uma mulher é ter uma presidente que conheceu, por dentro e na pele, a violência e o arbítrio da ditadura militar. A característica mais marcante da presidente é sua longa trajetória como militante radical de esquerda.

    Maria Rita Kehl, Blog de Maria Rita Kehl / Carta Maior

    Que diferença representa para o Brasil a eleição, pela primeira vez na nossa história, de uma presidente mulher? No plano simbólico, é evidente que a escolha de Dilma Roussef revela a ausência, ou pelo menos a irrelevância dos preconceitos sexistas na determinação do voto de grande parte dos brasileiros. Também não houve, em público, manifestações machistas em reação aos primeiros problemas enfrentados pela presidente. Passados quase oito meses desde a posse, os recentes escândalos em alguns ministérios, os primeiros sinais de inflação e o risco de desaceleração econômica provocaram uma queda de oito pontos na aprovação da presidente, que ainda assim continua mais alta do que a de todos os seus antecessores em início de governo, desde a volta das eleições diretas.

    Grosso modo, a escolha de Dilma parece ter sido mais pautada por razões políticas e interesses de classe do que pelo imaginário de gênero. Se assim foi, o mérito é todo dela. Durante os oito anos de seus dois governos, o presidente Lula perdeu grandes oportunidades de politizar os eleitores ao definir a relação necessariamente conflituosa entre a sociedade e seus governantes a partir de metáforas ligadas à vida familiar. Fiel ao seu estilo de homem cordial, na acepção de Ribeiro Couto/ Sérgio Buarque de Hollanda, Lula desde o início se apresentou como pai dos brasileiros. Antes da campanha de 2010, já apresentava sua futura candidata como a “mãe do PAC”. Dilma comprou o rótulo por conveniência, mas teve o mérito de não encarnar o estereótipo maternal que faria par com o estilo carismático e paternalista de Lula.

    Quanto à identificação de Dilma com as causas feministas, vale lembrar que a presidente, em toda sua longa trajetória política – se contarmos desde os anos de militância no grupo Var-Palmares, na década de 1970 – nunca foi uma típica militante feminista. Como outras raras mulheres independentes de sua geração, as opções políticas da jovem Dilma Roussef pautaram-se antes por causas universais – liberdade, igualdade, socialismo – do que pelas lutas de gênero que, no Brasil, só se tornaram mais expressivas depois da derrota da luta armada. Quando as pioneiras das causas feministas começavam a levantar suas bandeiras, por aqui, a militante “Wanda” estava na cadeia.”
    Artigo Completo, ::Aqui::


    Posted: 27 Sep 2011 07:39 AM PDT

    Agência Brasil

    “O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe nesta terça-feira o título de doutor honoris causa do Instituto de Estudos Políticos de Paris, a Sciences Po. Lula é o primeiro latino-americano a receber a homenagem e o segundo chefe de Estado, depois do ex-presidente tcheco Vaclav Havel.

    O diretor da Sciences Po, Richard Descoings, disse que o ex-presidente "mudou a imagem do Brasil". Segundo ele, foram levados em consideração para a concessão do título os programas sociais promovidos durante o governo Lula.

    Lula chegou ontem a Paris, onde se reuniu com o presidente da França, Nicolas Sarkozy. Nas conversas, Sarkozy convidou o ex-presidente para participar de uma série de debates sobre o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de propostas sobre educação.”




    Posted: 27 Sep 2011 07:36 AM PDT

    Gabriel Bonis, CartaCapital

    “É demolidor sair nas ruas todos os dias e imediatamente se assumir que a pessoa tem um preço. Isso é uma barreira para a liberdade.” É assim que a presidente da União de Mulheres Alternativas e Resposta de Portugal, Maria José Magalhães, define o preconceito contra as mulheres brasileiras na sociedade portuguesa, em conversa com o site de CartaCapital, por telefone.

    Para enfrentar esse problema no país lusitano, diversas ONGs portuguesas, entre elas a Umar, aderiram ao “Manifesto Contra o Preconceito às Brasileiras” (veja aqui), motivado pela criação do programa de animação Café Central, da rede de televisão estatal portuguesa RTP, no qual há apenas uma mulher.

    No programa, a personagem brasileira Gina é retratada como “prostituta e maníaca sexual, alvo dos personagens masculinos do programa”, relata o manifesto. “Trata-se de um desrespeito a todas as mulheres, pois ironiza sua possibilidade de exercer uma sexualidade livre.”

    “Nossas companheiras de todas as nacionalidades ficaram horrorizadas ao ver como a imagem da brasileira estava sendo retratada”, aponta Magalhães. “Estamos avaliando a possibilidade de fazer uma denúncia às autoridades da Comunicação Social de Portugal.”

    A associação da imagem das brasileiras à sexualização na Europa não é novidade e está relacionada a diversos fatores, entre eles o elevado número de prostitutas brasileiras vivendo e trabalhando no continente. Segundo dados de 2008 da Organização Internacional de Migrações (IOM), braço da Onu, são mais de 75 mil.

    “É fato que a mulher brasileira desperta muito interesse sexual e isto poderá lhe causar alguns constrangimentos e situações de assédio”, afirma a doutora em Ciências Sociais e pesquisadora do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, do Instituto Universitário de Lisboa, a brasileira Vanda Aparecida da Silva.”
    Matéria Completa, ::Aqui::