quinta-feira, 30 de abril de 2015

30/4 - BOA NOITE com Eternas Músicas

Eternas Músicas


Posted: 25 Apr 2015 07:21 PM PDT
Tristeza do Jeca
Angelino de Oliveira
1918

Muito antes de empresários inescrupulosos associarem o termo "Sertanejo" ao "Universitário", para denominar um dos mais vergonhosos embustes já surgidos na história da música brasileira, duplas como Pedro Bento & Zé da Estrada, Tião Carreiro & Pardinho, Milionário & José Rico, Tibagi & Miltinho lançavam mão da viola para cantar as agruras e alegrias do campônio brasileiro.

A música que faziam denotava a legítima riqueza cultural do interior do País, muitas vezes injustamente ignorada pela população urbana. Assim, composições como "Chico Mineiro", "Chalana", "Cabocla Tereza", "Saudade da Minha Terra", "Mula Preta", "Moda da Pinga", "Rio de Lágrimas", "Preto de Alma Branca", "Canarinho do Peito Amarelo" "O Menino da Porteira", tornaram-se clássicos absolutos da música sertaneja nacional.

Mas o clássico dos clássicos da música caipira pertence a Angelino Oliveira, que compôs "Tristeza do Jeca", sob a inspiração do famoso personagem Jeca Tatu, criado por Monteiro Lobato no seu romance "Urupês".

"Tristeza do Jeca" é, assim, um dos mais fidedignos retratos do sertanejo brasileiro, ainda mais quando escutada na interpretação inconfundível daquela que foi a maior dupla sertaneja de todos os tempos: Tonico & Tinoco.

"Tristeza do Jeca", o verdadeiro Hino do Caipira, foi composta em 1918, editada 1922 e gravada pela primeira vez, só que na forma instrumental, em 1925. A primeira gravação cantada foi em 1926 na voz de Patrício Teixeira. Mas a primeira gravação que realmente tornou célebre "Tristezas do Jeca" ficou a cargo do cantor Paraguassu, Roque Ricciardi, em 1937 pela Gravadora Colúmbia.

"Tristeza do Jeca" também foi gravada por grandes duplas como Tonico & Tinoco, Inezita Barroso, Pena Branca & Xavantinho, Sérgio Reis, Passoca, Zico & Zeca, Irmãs Galvão e entre outros tantos. Esta composição atravessou fronteiras e serviu muitas vezes como fundo musical ao se falar sobre o Brasil no exterior.


Mazzaropi também empregou "Tristeza do Jeca" no filme homônimo em 1961, ocasião na qual chegou a ter uma pequena desavença com Angelino de Oliveira quanto aos direitos autorais, mas que foi rapidamente resolvida num encontro entre Mazzaropi e Angelino.

Também foi um espetáculo inesquecível a estréia da toada "Tristeza do Jeca", a qual se deu no Clube 24 de Maio em Botucatu, SP, em 1918. Marília Banducci e Aurélia Gouveia cantaram a belíssima melodia acompanhadas pelo próprio Angelino de Oliveira no violão. Após um curto silêncio que sucedeu o último acorde, iniciou-se um aplauso que, de início tímido, prolongou-se, seguido então de pedidos de bis e, segundo depoimentos, a música foi apresentada cinco vezes naquela noite. E, Ariowaldo Pires, o Capitão Furtado, que na época tinha 11 anos de idade, presenciou esse momento maravilhoso, pois seu pai era zelador do Clube 24 de Maio.

Curiosamente, "Tristeza do Jeca" não era a música preferida de Angelino de Oliveira. Ele mesmo se espantava com o sucesso de sua composição. Inclusive, às vezes, se esquecia de parte da letra quando as pessoas insistiam para que ele a tocasse, principalmente no Colosso, que era o bar preferido onde Angelino de Oliveira gostava de fazer seus encontros musicais com os diversos amigos, tendo sempre presente o José Maria Peres.

"Tristeza do Jeca" chegou a ser utilizada como prefixo pela BBC de Londres quando a mesma iniciava suas transmissões para o Brasil.

O sucesso de "Tristeza do Jeca" em interpretações consagradas como as de Tonico & Tinoco Inezita Barroso nos faz classificar Angelino de Oliveira como um compositor de música caipira, o que não é verdade, pois Angelino também compôs muitas serestas e canções.

Quanto à música caipira, na época, o progresso da mesma já intrigava Angelino de Oliveira que implicava com os rumos que ela vinha tomando, principalmente quando se tratava dos dramas sertanejos que já faziam sucesso. Dizia Angelino de Oliveira:

"Gozada a moda desses caipiras, só fala em desgraça. O pequenininho tá chorando, a mãe vem e derrama um caldeirão de água quente na criança, aí o marido chega em casa, mata tudo e depois se suicida... é desgraça multiplicada por dez! Ah, larga a mão, parece que a música pra ser boa tem que ter desgraça dobrada!?"

O Filme

"Tristeza do Jeca" é um filme brasileiro de 1961 produzido e dirigido por Amácio Mazzaropi, o 13º de sua carreira e seu primeiro a cores. As filmagens foram nos estúdios da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Números musicais com o próprio Mazzaropi e Agnaldo Rayol.

Sinopse: Jeca, a esposa Filó, e os filhos Maria e Toninho, são trabalhadores da fazenda do Coronel Felinto, que disputa a eleição para prefeito. Seu opositor, o idoso Coronel Policarpo, é apoiado pelo Coronel Bonifácio. Ambos os candidatos querem o apoio de Jeca que é tido como um dos líderes dos trabalhadores. Jeca não quer se envolver na disputa, mas quando Sérgio, filho de Bonifácio, pede em casamento sua filha Maria, ele acaba deixando se influenciar e todos pensam que ele apoia Policarpo. O Coronel Felinto não aceita e ameaça a todos de expulsão da fazenda e rapta o filho Toninho, tentando forçar Jeca e seus amigos a votarem nele.



Tristeza do Jeca

Nestes versos tão singelo
Minha bela, meu amor
Pra você quero contar
O meu sofrer e a minha dor
Eu sou que nem sabiá
Quando canta é só tristeza
Desde um galho onde ele está

Nesta viola eu canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade

Eu nasci naquela serra
Num ranchinho beira-chão
Todo cheio de buraco
Onde a lua faz clarão
Quando chega a madrugada
Lá na mata a passarada
Principia um barulhão

Nesta viola eu canto e gemo de verdade
Cada toada representa uma saudade

Vou parar com a minha viola
Já não posso mais cantar
Pois um jeca quando canta
Têm vontade de chorar
O choro que vai caindo
Devagar vai-se sumindo
Como as água vão pro mar



30/4 - Portal Metrópole DE 29/4

Portal Metrópole


Posted: 29 Apr 2015 05:56 PM PDT

Francisco acrescentou que cristãos deveriam "apoiar o direito de igualdade salarial para trabalhos iguais"

Por Redação

O papa Francisco fez nesta quarta-feira um apelo enfático pelo fim da diferença salarial entre homens e mulheres e classificou a situação como "um escândalo", que cristãos deveriam reprovar.
"Por que é dado como certo que mulheres devem ganhar menos que homens? Não! Elas possuem os mesmos direitos. A discrepância é um escândalo", disse a centenas de milhares de pessoas em seu discurso geral na Praça de São Pedro.
Levantando a voz para ênfase à situação, Francisco disse que cristãos deveriam "definitivamente apoiar o direito de igualdade salarial para trabalhos iguais".
Mulheres na União Europeia receberam em média 16,4 por cento a menos que homens em 2013, de acordo com estatísticas da agência Eurostat, e dados norte-americanos indicam que mulheres ganham 77 centavos de dólar a cada dólar que um homem ganha, de acordo com salários médios anuais.
Francisco disse que quer que mulheres tenham um papel maior na Igreja Católica romana ao redor do mundo e na burocracia do Vaticano, mas disse que "a porta está fechada" para a possibilidade de mulheres se tornarem padres.
A igreja ensina que mulheres não podem se tornar padres porque Jesus deliberadamente escolheu somente homens como seus apóstolos. Os que defendem o sacerdócio feminino rejeitam essa versão, alegam que agiu de acordo com as normas de sua época.

Foto: Max Rossi / Reuters
Posted: 29 Apr 2015 05:52 PM PDT
Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Prefeito de São Paulo garante que a medida contribui com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instruindo a população e incentivando a coleta seletiva

Por Marli Moreira, da Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, entrou com recurso, na noite de ontem (28), na Justiça estadual, solicitando que os supermercados façam a distribuição gratuita dos dois novos tipos de sacolas plásticas. Com a entrada em vigor da Lei Municipal 15.374, conhecida como a Lei das Sacolinhas, desde o último dia 5, os consumidores pagam pelas novas embalagens um preço médio de R$ 0,08.
“A administração [municipal] entende que é dever dos estabelecimentos contribuir com a Política Nacional do Meio Ambiente, conforme a Lei 6.938/8, fornecendo alternativas, instruindo a população e estimulando o uso das sacolas reutilizáveis”, diz o texto publicado pela prefeitura de São Paulo. A nota observa que “a cobrança do material pode gerar um sentimento de antipatia por parte do consumidor, desestimulando a adoção de um comportamento ecologicamente consciente.”
A Lei das Sacolinhas vetou o uso das tradicionais sacolas plásticas, distribuídas e passaram a ser substituídas por outras de material renovável que tem a função final de induzir a população à coleta seletiva em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Uma delas, a de cor cinza, visa ao descarte de lixo orgânico e a outra, de cor verde, ao de materiais recicláveis.
Por meio de um acordo entre a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) e a Associação Paulista de Supermercados (Apas), a partir do próximo dia 11, esses estabelecimentos vão distribuir duas sacolinhas, gratuitamente, a cada consumidor, mas apenas por um período de dois meses. Essa medida tem o objetivo de convencer o usuário da necessidade do uso de sacolas mais adequadas à preservação ambiental.
A partir da terceira sacola poderá ser cobrado o preço de custo, o qual deve estar explicitado e à disposição do comprador. Quem levar sua própria sacola ou meio de transporte (carrinhos) deverá ter um desconto acumulativo de R$ 0,03 a cada cinco produtos adquiridos ou a cada R$ 30 em compras. Essa medida terá validade de seis meses.

(Capa: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)
Posted: 29 Apr 2015 05:47 PM PDT
Para discutir redução da maioridade penal, Câmara convida Datena, Sheherazade e Marcelo Rezende

Comissão Especial designada para discutir o tema chamou também Caco Barcellos, que recentemente produziu um programa sobre o tema e foi muito criticado pelos defensores da medida; escolhas desequilibram a discussão

Por Redação, com informações da Fórum

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados designada para discutir a PEC 171/93, que propõe a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, convocará os jornalistas Marcelo Rezende (TV Record), José Luiz Datena (Bandeirantes), Rachel Sheherazade (SBT) e Caco Barcellos (Globo) para uma audiência pública sobre o tema. O convite foi aprovado nesta quarta-feira (29). As informações são do portal Uol.
“Todos eles são formadores de opinião e todos eles, nos seus programas, nas suas matérias, sempre trazem a discussão da redução da maioridade penal. Como eles conhecem a realidade, entendo que seria bom trazer a opinião deles sobre o tema na comissão”, afirmou seu presidente, deputado André Moura (PSC-SE).
Embora convidar estudiosos dos assuntos debatidos pelas comissões seja uma atitude de praxe, o que causou espanto nesse caso foi que nenhum dos escolhidos é especialista em segurança pública ou direitos humanos. Além disso, três deles – Resende, Sheherazade e Datena – já declararam publicamente serem favoráveis à redução, deixando o outro lado em clara desvantagem. Barcellos, que recentemente produziu um programa sobre o tema, foi muito criticado pelos defensores da medida.
“Não acredito que o fato de os três terem se manifestado a favor da redução seja um problema. Vamos ouvir a todo mundo, independente de suas opções”, argumentou André Moura, questionado sobre o desequilíbrio que os convites trazem à discussão.

(Ilustração: Vitor Teixeira)
Posted: 29 Apr 2015 05:45 PM PDT
No Paraná, policial que não reprime professor é preso

De acordo com a Polícia Militar do Paraná, que atacou manifestantes e professores em frente à Assembleia Legislativa, 17 PMs que se recusaram a participar do cerco foram detidos; prefeito de Curitiba já apelou ao governador tucano, Beto Richa, que mande a polícia parar com a repressão

Por Redação

Se é possível extrair algum tipo de notícia positiva da manifestação de professores e funcionários públicos no Paraná desta quarta-feira (29) é que nem todos os policiais convocados para reprimir a população concordam com a decisão do governador Beto Richa (PSDB). Ao menos dezessete PMs se recusaram a participar do cerco contra os manifestantes em frente à Assembleia Legislativa do estado e, por descumprir as ordens, foram presos. As informações foram fornecidas pela própria Polícia Militar ao jornal O Estado de São Paulo.
De acordo com a prefeitura de Curitiba, 213 pessoas que protestavam contra um projeto de lei do governador Richa que altera a previdência dos funcionários públicos ficaram feridas em meio a bombas de gás e balas de borracha desferidas pela PM. Até cachorros pit-bull chegaram a ser utilizados.
Diante do cenário de guerra, a prefeitura disponibilizou dezenas de agentes de saúde para acolher a população ferida e liberou os funcionários públicos que estavam trabalhando e crianças que estavam nas creches.
“Estamos fazendo o possível para atender os feridos na Prefeitura, mas nossa capacidade é limitada. Faço um apelo ao governador, Secretaria de Estado da Segurança Pública e Assembleia. Por favor. Momento é de pacificar. Já temos muitos feridos aqui”, apelou o prefeito Gustavo Fruet (PDT).
Posted: 29 Apr 2015 05:42 PM PDT


Sugestões de pratos não aparecem em outros espaços, como a home principal do portal tucano. Para militante feminista, o fato reforça estereótipos sexistas.”O que o PSDB está transmitindo com essa sessão de receitas é: a mulher pode até se meter na política, desde que não deixe de ser a cozinheira da família”

Por Anna Beatriz Anjos

Bolo de reis, espaguete com molho de tomate e manteiga, bacalhoada portuguesa, risoto de frango… Estas são algumas das receitas que aparecem na sessão “Dicas da Semana” do portal do PSDB Mulher. Entre resenhas de livros e filmes, as sugestões de pratos são maioria.
Nada contra o apreço pela culinária, mas o que levantou o questionamento da militância feminista é a ausência de dicas como essa em outros espaços do site tucano que não o destinado a mulheres. Na home principal, por exemplo, nem sinal das receitas. Aliás, a mulher mais citada não é tucana, mas sim da legenda adversária, a presidenta Dilma.
“Não tenho nada contra receitas, adoro, inclusive. Mas, ao restringi-las ao espaço dedicado às mulheres, parece que não somente é um assunto que diz respeito apenas a elas, mas que esse é o assunto que nos interessa em primeiro lugar”, assinala Vanessa Rodrigues, da ONG feminista Casa de Lua, em São Paulo. “Acredito que [a situação] reflete e reproduz o senso comum de ser esse o espaço destinado às mulheres na vida cotidiana. O espaço restrito da cozinha, da casa, do privado, e não discutindo política, atuando, militando.”
O fortalecimento de estereótipos sexistas é especialmente perigoso em um país como o Brasil, onde as mulheres são sub-representadas nos espaços de poder e decisão. A atual legislatura da Câmara dos Deputados conta com apenas 51 parlamentares em um universo de 513 – o que equivale a apenas 9,9% do total. A dificuldade das mulheres no acesso às altas esferas políticas do Brasil o colocou na 129ª posição em um ranking de 189 países, produzido pela União Interparlamentar (UIP), que mede a participação feminina no Parlamento. Neste ano, pela primeira vez duas mulheres ocupam simultaneamente cargos da Mesa Diretora da Câmara – uma delas é, inclusive, Mara Gabrilli, deputada tucana de São Paulo, ao lado de Luiza Erundina (PSB-SP).
A jornalista e militante feminista Jarid Arraes, colunista da Fórum, identifica o simbolismo de um dos partidos de maior expressão no país se colocar dessa forma. “O que o PSDB está transmitindo com essa sessão de receitas é: a mulher pode até se meter na política, desde que não deixe de ser a cozinheira da família, desde que não abandone suas funções delimitadas pelo machismo da sociedade. Isso é nocivo porque naturaliza a jornada dupla ou até tripla da mulher; naturaliza a exploração sobre a mulher, que deve cumprir diversas funções enquanto o homem só precisa cumprir uma única, que é a profissional”, explica.
Procurada, a assessoria de imprensa do PSDB Mulher afirmou que “é absurdo e lamentável” relacionar a publicação de receitas voltadas apenas às mulheres ao endosso de “qualquer tipo de preconceito machista, como o que costumava defender que lugar de mulher é na cozinha”.
Posted: 29 Apr 2015 05:42 PM PDT
“Tranquilamente, Dilma vai vetar”, diz Lula sobre PL da terceirização

“É um retrocesso a antes do governo Getúlio Vargas. Estamos voltando a 1930 tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador: o patrão”, afirmou o ex-presidente em evento comemorativo da greve de 1980

Por Redação

Em evento realizado na última terça-feira (28) por sindicalistas em comemoração aos 35 anos da greve de 1980, o ex-presidente Lula garantiu que a presidenta Dilma Rousseff (PT) vetará o projeto de lei 4.330, mais conhecido como PL da terceirização, caso seja aprovado pelo Senado, onde começou a tramitar ontem.
“Tranquilamente, a companheira Dilma vai vetar”, afirmou Lula. “É um retrocesso a antes do governo Getúlio Vargas. Estamos voltando a 1930 tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador: o patrão.”
“Os empresários querem acabar com a justiça do trabalho. Acham que tem que rasgar a CLT (…) Não é porque a lei é de 1946 que tem de jogar fora”, continuou. Ele ainda utilizou como exemplo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. “Voltamos a 1930, quando a Fiesp achava que o trabalhador devia ter dez dias de férias.”
A greve de 1980, celebrada pelo evento do qual Lula participou, mobilizou 140 mil metalúrgicos, que paralisaram suas atividades por 41 dias, durante a campanha salarial, em plena ditadura militar. A comemoração foi promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)
Posted: 29 Apr 2015 05:37 PM PDT
Quem inspira os jovens liberais que protestam contra Dilma e pedem o impeachment?

Segundo reportagem publicada pelo Valor, os jovens são inspirados ideologicamente pela Atlas Network, uma empresa sediada em Washington (EUA), defensora do livre mercado e parceira de instituições brasileiras, que recebem dinheiro para promover palestras, divulgar artigos, livros etc

Do Jornal GGN

Quem inspira os meninos da ultra-direita brasileira que agitam protestos contra o PT e a presidente Dilma Rousseff? Segundo reportagem publicada ontem, dia 27, no Valor, os jovens são inspirados ideologicamente pela Atlas Network, uma empresa sediada em Washington (EUA), que prega o livre mercado, e que mantém parceria com instituições brasileiras, que recebem dinheiro para promover palestras, divulgar artigos, livros, etc.
“Esses institutos têm servido de fonte de informação e atraído a atenção de adolescentes e jovens na faixa dos 20 anos, muitos deles participantes dos protestos de março e de abril”, escreveu o jornal.
O presidente da Atlas, Alejandro Chafuen, argentino radicado nos Estados Unidos, diz que o organismo não se envolve em “assustos de rua ou política em outros países”. Para ele, foi necessário, inclusive, se afastar de instituições ligadas ao Tea Party, uma ala conservadora do Partido Republicano.
No caso do Brasil, Chafuen enxerga a influência da Atlas sobre o pensamento dos jovens que protestam contra os governos do PT. “Obviamente há certa correlação entre as pessoas que passam por nossos programas e pelos institutos com que trabalhamos e o que está acontecendo aqui”, disse ao Valor.
No Brasil, a Atlas lista como parceiras o Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista, do Rio; Estudantes Pela Liberdade, de Belo Horizonte; o Instituto de Estados Empresariais, de Porto Alegre; o Instituto de Formação de Líderes, também de Belo Horizonte; o Instituto Liberal, do Rio; o Instituto Liberdade, de Porto Alegre; o Instituto Ludwig Von Mises, de São Paulo; o Instituto Milenium, também do Rio e o Ordem Livre, de Petrópolis.
O presidente do Mises Hélio Beltrão disse ao Valor que o foco em São Paulo são jovens universitários liberais que possam disseminar a mensagem do grupo nas instituições que, na visão dele, são doutrinadas pela esquerda.
O cientista político Fábio Ostermann, um dos fundados do Movimento Brasil Livre (MBL) – que marcha de São Paulo a Brasília cobrando o impeachment de Dilma – trabalhou por dois meses e meio para a entidade americana. Ele diz que ainda não houve doações para o MBL pela Atlas.
A Atlas distribuiu no Brasil cerca de 20 mil dólares por ano, segundo Chafuen. O grupo Estudantes pela Liberdade recebeu no ano passado cerca de 10 mil dólares. “O dinheiro que mantém as atividades da Atlas vem, em sua maioria, de fundações e cidadãos dos Estados Unidos. (…) Os doadores têm preferências distintas. Alguns são religiosos conservadores; outros, libertários.”
A Atlas possui hoje cerca de 450 instituições espalhadas pelo mundo, inclusive em países como Venezuela, China, Irã, Nepal.
Posted: 29 Apr 2015 05:12 PM PDT

Por Rafael Bruza


Nos bastidores do PT contam uma história interessante que envolve Marta Suplicy.

Antes de terminar o segundo mandato, Lula disse que sua sucessora seria uma mulher. 

Com essa definição, poucas opções sobraram para disputar a Presidência da República em 2010, pois somente três mulheres do PT tinham força política suficiente para ser nomeada por Lula.

Essas mulheres eram Marina, Dilma e Marta.

A ex-prefeita, como era de se esperar, olhou para Marina e Dilma e supôs que a eleita por Lula seria ela. 

Claro, deve ter pensado, ela foi prefeita da maior cidade do país e ainda tem 30% de votos na capital paulista. 

Marina não tinha a imagem ou força de uma presidenta e Dilma era politicamente fraca na articulação, além de ter pouca paciência para uma vida presidencial.  

Porém, para sua surpresa, a atual Presidenta foi escolhida, talvez pela necessidade de melhorar a infraestrutura do país (Lula queria uma "mãe do PAC").

E, de quebra, o PT ainda nomeou Haddad para a disputa pela prefeitura de SP em 2012.

Imaginem como Marta se sentiu... Iria ser presidente (pois a aprovação de 80% que Lula tinha em 2010 faria com que qualquer um nomeado por ele chegasse ao Planalto) e depois perdeu até mesmo a prefeitura que a elevou ao status político de hoje.

Ela, obviamente, se sentiu completamente traída.

E como a Política, amigos, é um jogo de egos, ela começou a desenhar sua saída, que também tem uma explicação.

Marta é senadora (aliás, chegou a ser a líder do PT no Senado antes de ir ao Ministério da Cultura). E, pela lei, senador que se retira voluntariamente de seu partido, pode perder o mandato Justiça caso o partido o reclame.

Essa situação explica todas essas declarações ácidas da ex-prefeita.

Para ela é melhor ser expulsa que se retirar.

Porém, a estratégia não deu certo.

O PT foi inteligente e optou por não expulsar Marta. E então chegamos aos dias de hoje, quando ela mesma entrega sua carta de desfiliação ao PT, fazendo mais declarações contra o partido (o que já é natural, pois agora ela é uma política da oposição).

Como disse antes, colegas leitores, Política é um jogo de egos.

Sabem o que Marta disse nessa carta? Que pretende ser "fiel a seu mandato", honrando a seus 8 milhões de eleitores.

É um discurso bonito que oculta todo esse contexto relatado acima.

Ela não vai renunciar ao mandato e se o PT quiser sua cadeira no Senado, deverá entrar na Justiça.

Caso contrário, o PSB (partido de oposição ao qual Marta provavelmente será filiada e candidata a prefeita em 2016) terá mais um político em sua bancada no Senado.

Podem achar que é uma questão de traição, de quebra de valores, falta de ética, etc.

Mas isso, colegas, é Política em sua essência.
___________

Se gostou do texto, curta minha página profissional "clicando aqui" e veja mais análises, comentários e informações sobre a atualidade política e social do país.
Posted: 29 Apr 2015 05:11 PM PDT



A partir de 24 de maio, a aposta unitária, de seis números, da mega-sena passará de R$ 2,50 para R$ 3,50

O governo federal reajustou hoje (29) os preços das loterias da Caixa Econômica Federal e, a partir de 24 de maio, a aposta unitária, de seis números, da mega-sena passará de R$ 2,5 para R$ 3,5. Em consequência, os preços das apostas combinadas, de sete a 15 números vão subir e custarão de R$ 24,5 a R$ 17.517,5. A portaria da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda com os valores reajustados foi publicada no Diário Oficial da União.
A partir de 23 de maio, o preço da aposta de 15 números da Lotofácil também será reajustada e passará a R$ 2. E para apostas combinadas de 16 a 18 números serão cobrados de R$ 32 a R$ 1.632. Os valores das premiações fixas da Lotafácil também mudarão. As apostas vencedoras com 11, 12 e 13 números passarão a ser, respectivamente, R$ 4, R$ 8 e R$ 20.
Os preços das apostas da Quina e da Dupla-sena também subirão. No primeiro caso, a partir de 24 de maio as apostas de cinco, seis e sete números passam a ser, respectivamente, de R$ 1,5, R$ 7,5 e R$ 20. A Dupla-sena será reajustada, para R$ 2 o jogo simples de seis números e de R$ 14 a R$ 10.010, as apostas de sete a 15 números.
O caso da loteria esportiva Loteca, a posta simples custará R$ 1 e, em consequência, os preços das apostas múltiplas, envolvendo prognósticos duplos ou triplos, passarão a custar de R$ 2 a R$ 729. O reajuste da Loteca será em 18 de maio.
Também nesta data, a loteria esportiva Lotogol custará R$ 1 para uma aposta, caracterizada por um conjunto de cinco placares finais de partidas de futebol indicados pelo apostador e R$ 2 para concorrer com 2 apostas iguais ou R$ 4 para concorrer com 4 apostas iguais, válidas para o mesmo concurso.
Ficam mantidos, entretanto, em R$ 1,5 o preço da aposta única, de 50 números, da Lotomania e em R$ 2 a aposta única da Timemania, de 10 números e indicação de um time do coração.
A Caixa Econômica Federal deverá divulgar os novos preços e os números dos concursos que serão cobrados dos apostadores com, no mínimo, dez dias de antecedência das datas estabelecidas.
Os volantes impressos já produzidos permanecerão válidos para captação de apostas, mas prevalecerão os novos valores.
Posted: 29 Apr 2015 05:10 PM PDT



Poço está localizado na costa da capital sergipana, Aracaju, a uma profundidade de 6.060 metros

A Petrobras informou hoje (29), por meio de nota, que concluiu a perfuração do poço mais profundo da costa brasileira a 6.060 metros. O poço fica na área de Moita Bonita, na Bacia de Sergipe-Alagoas, na Região Nordeste do país.
De acordo com a estatal, o poço está localizado a 94 quilômetros da capital sergipana Aracaju. Os resultados dos testes confirmaram a presença de petróleo leve, que tem um valor maior de mercado.
A Petrobras detém 100% de participação no bloco e dará continuidade ao Plano de Avaliação da Descoberta, da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Posted: 29 Apr 2015 05:10 PM PDT

A presidenta Dilma Rousseff usará as redes sociais para falar à população no dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, em vez da tradicional cadeia nacional de rádio e tevê.
A informação foi divulgada pelo ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, nesta segunda-feira (27), após reunião de coordenação política marcada no Palácio do Planalto.
“Nós optamos, por meio de uma decisão coletiva, de toda a coordenação política – coletiva e unânime –, que ela (Dilma) deveria valorizar as redes sociais e dialogar com a sociedade brasileira por meio delas”, disse.
De acordo com o ministro, é uma forma de valorizar outros modais de comunicação.
“A presidenta não precisa, necessariamente, se manifestar apenas por meio das cadeias nacionais”, afirmou.
Posted: 29 Apr 2015 05:09 PM PDT






Um morador de rua de 65 anos morreu, na madrugada desta quarta-feira, de causa natural, no centro de São Paulo. Ele vivia debaixo do viaduto 9 de Julho, na região da Bela Vista.
Mauro era morador de rua há 11 anos e vivia com a companhia de seu cachorro, Faísca. Após a morte do dono, o cão permaneceu ao seu lado até a chegada do IML (Instituto Médico Legal).
Uma moradora que conhecia Mauro irá cuidar do cachorro.

30/4 - BRASIL! BRASIL! de HOJE


Posted: 30 Apr 2015 04:35 AM PDT

Luis Nassif, GGN

"O governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, é o retrato doloroso do que se transformou o principal partido de oposição no país.

O partido fundado por Franco Montoro, Mário Covas, que abrigou a generosidade de Sérgio Motta, a sensibilidade social de Bresser-Pereira, e até a temperança de um José Richa, a esperança de uma socialdemocracia moderna, tornou-se um valhacouto do que pior e mais rancoroso a política brasileira exibiu nos últimos anos.

A usina de ideias e propostas que parecia brotar do partido no inicio dos anos 90 foi substituída por uma cloaca interminável, um lacerdismo sem talento, um samba de uma nota só desafinado.
Mais informações »
Posted: 30 Apr 2015 04:03 AM PDT

Miguel do Rosário, O Cafezinho

"Leio que a Globo ficou chateada porque o STF deu habeas corpus aos empresários presos há mais de 100 dias, sem condenação, pelo juiz Sergio Moro, responsável pela operação Lava Jato.

Ué, por que a Globo não fica chateada com o fato do Judiciário, na Operação Zelotes, não ter aprovado NENHUM pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público?

Na Lava Jato, o Judiciário prende indiscriminadamente, e por tempo indeterminado, sem acusação, sem sentença, sem condenação, um monte de gente. Por 100, 200 dias.
Mais informações »
Posted: 30 Apr 2015 03:48 AM PDT
Cadeirante para na frente da Tropa de Choque da Polícia Militar do Paraná durante o protesto desta quarta-feira, 29 (Imagem: Rodrigo Pinto)
"17 policiais militares do Paraná foram presos depois de se recusarem a participar do cerco aos professores e servidores estaduais. SAMU fala em 213 feridos 

Pragmatismo Político

A Polícia Militar de Curitiba informou que 17 policiais foram presos nesta quarta-feira, 29, por se recusarem a participar d cerco aos professores que estavam nas proximidades da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para acompanhar a votação do projeto que autoriza o governo estadual a mexer no fundo de previdência dos servidores do Estado.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 05:59 PM PDT

Posted: 29 Apr 2015 05:58 PM PDT

"Em entrevista ao 247, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que acompanhou, da Assembleia Legislativa, o massacre promovido pela Polícia Militar do Paraná contra os professores, que deixou cerca de 200 feridos, afirma que o governador tucano Beto Richa perdeu as condições de governabilidade; "o clima é de indignação absoluta e de revolta no Paraná", afirma Requião; segundo o senador, Richa só se mantém no cargo graças ao apoio da imprensa paranaense e nacional; "como é que chamam de isso de confronto? era um elefante contra uma formiga"; Requião diz ainda que o Paraná foi tomado por uma "quadrilha", que elevou repasses das empresas estatais para acionistas privados, enquanto assalta os professores

Brasil 247

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), que acompanhou, de dentro da Assembleia Legislativa, a repressão promovida pela Polícia Militar do governador Beto Richa, do PSDB, contra os professores estaduais, descreveu, ao 247, o que presenciou.
 
– Foi um massacre. Uma violência absurda contra idosos, mulheres, jovens... Aqui, em Curitiba, o sentimento é de indignação, perplexidade e revolta.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 05:52 PM PDT
Kiko Nogueira, DCM

"Uma boa frase está repercutindo no Twitter: “Em protesto pela intervenção militar você é tratado com educação. Em protesto pela educação você é tratado com intervenção militar.”

Os manés que tiram selfies com PMs em manifestações anti Dilma deveriam, daqui por diante, guardar na mente a selvageria com que foram tratados os professores grevistas no Paraná.

Para cada clique sorridente com um soldado da tropa de choque, que venha uma imagem como esta:

Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 05:40 PM PDT
Truculência da polícia de Beto Richa deixa 107 servidores feridos, diz Rede Brasil Atual

"Requião: agressão de Richa contra os professores é estúpida, violenta, cruel,imbecil, idiota e desnecessária 

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Na tarde desta quarta-feira (29), professores em greve no Paraná e policiais militares entraram em confronto na frente da Assembleia Legislativa em Curitiba, onde é votado projeto  de lei que altera a fonte de pagamento de cerca de 30 mil beneficiários para o Fundo Previdenciário.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 05:35 PM PDT

Jornal GGN

"Depois de conseguir um saldo de 150 feridos graças à truculência da Polícia Militar em Curitiba, Beto Richa colocou a culpa de tudo à “agressão” e ao “vandalismo” de manifestantes infiltrados no protesto, entre eles alguns pertencentes ao “movimento black bloc”.

A nota do Governo Beto Richa, do PSDB, foi divulgada perto das 18h de hoje, quarta-feira. Na nota a afirmação de que "o radicalismo e a irracionalidade de pessoas mascaradas e armadas com pedras, bombas de artifício, paus e barras de ferro, utilizados contra os policiais" são os responsáveis pelo ocorrido. De acordo com o governo tucano, a PM fez uma "ação de defesa", na qual sete pessoas foram presas.

O Sindicato respondeu com nota de repúdio e afirmou que o “governo do Paraná ultrapassou todos os limites de civilidade, moralidade e humanidade”, criando “mancha deplorável” na história paranaense."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 29 Apr 2015 05:23 PM PDT

"Chamado de 'Beto Hitler' nas redes sociais, o governador paranaense Beto Richa justificou, por meio da Polícia Militar, que o cerco contra professores e outros servidores públicos no Centro Cívico de Curitiba ocorreu após a identificação da convocação de black blocs às manifestações; pelas fotos, vê-se o perfil dos black blocs de Richa: senhores, professores, sem máscara ou arma; eles lutavam, ontem e hoje, contra a perda de seus direitos; tucano conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa, no início desta noite, o confisco da previdência do funcionalismo para pagar as contas do Estado; ex-presidente Lula se solidariza com professores e classifica violência como "inadmissível"; presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, Paulo Pimenta (PT-RS), pede "fim do massacre" e viaja até Curitiba; número de feridos no cerco de hoje à Assembleia chega a 170

Brasil 247

A Inteligência da Polícia Militar do Paraná, do governador Beto Richa (PSDB), afirmou ontem que foi identificada a convocação de black blocs às manifestações de servidores que ocorreram no Centro Cívico de Curitiba. O resultado foi um cerco policial do Batalhão de Choque para impedir que servidores acompanhassem na Assembleia Legislativa o debate da proposta de Richa que prevê o confisco da previdência do funcionalismo a fim de regularizar as contas do governo.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 06:29 AM PDT

Posted: 29 Apr 2015 06:28 AM PDT
A esperança do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC está no veto da presidenta Dilma, que permanece sem dialogar. 'Se não vetar, o desencanto será grande'
"Para presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, PL 4330 vai proteger os ganhos dos empresários à custa da informalidade 

Wanderley Preite Sobrinho, Carta Capital   

Depois de 20 anos, a desigualdade de renda no Brasil voltou a aumentar em 2013. A informação, do Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), indicava que a variação do índice interrompeu a redução das diferenças de renda que marcaram principalmente os primeiros anos do PT no Palácio do Planalto.

À época atribuído à crise econômica mundial, a diferença de renda entre ricos e pobres voltará a ser regra nos próximos anos com a aprovação do Projeto de Lei 4330/04, que autoriza a terceirização de todas as atividades de uma empresa, diagnostica Rafael Marques, presidente do sindicato mais tradicional do Brasil, o dos Metalúrgicos do ABC.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 06:11 AM PDT

"A tribuna histórica do 1o de Maio representa uma chance rara para a presidenta condenar a terceirização e se reconciliar com os brasileiros que garantiram a reeleição e podem dar sustentação real a seu governo

Paulo Moreira Leite, Blog: Paulo Moreira Leite

A notícia de que Dilma Rousseff decidiu recolher-se a um silêncio obsequioso no 1º de Maio é preocupante.

Mais do que nunca, em 2015 ela deve uma palavra em defesa dos trabalhadores brasileiros.

A maioria da população, que precisa do salário e outras garantias para pagar as contas do fim do mês, encontra-se, desde o início do ano, sob uma ameaça angustiante sobre suas vidas e seu futuro.

Em curso no Congresso, o projeto de Lei 4330 ameaça arrombar as principais garantias trabalhistas previstas pela CLT, para permitir a contratação de todo tipo de empregado como terceirizado, mesmo aqueles que executam as atividades-fim numa empresa.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 06:00 AM PDT

"Jornal da família Marinho e seu porta-voz, o jornalista Merval Pereira, foram os únicos a condenar a decisão do Supremo Tribunal Federal que garantiu ao empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, e a outros oito executivos presos na Lava Jato, o direito de responder em liberdade; "A decisão do STF estremeceu o comando da Lava Jato, pois a manutenção das prisões preventivas acabava forçando os executivos das empreiteiras a aceitar os benefícios da delação premiada", diz reportagem do jornal; Merval lamentou que a decisão tenha ocorrido quando dois executivos, segundo ele, se preparavam para delatar o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff; segundo o ministro Teori Zavascki, prender para forçar delação seria “medida medievalesca, que cobriria de vergonha nossa sociedade”

Brasil 247

A decisão do Supremo Tribunal Federal, de soltar o empresário Ricardo Pessoa e outros oito executivos atingidos pela Operação Lava Jato, foi recebida com naturalidade pela imprensa brasileira. As únicas exceções foram o jornal O Globo, da família Marinho, e seu principal colunista e porta-voz, o jornalista Merval Pereira. Não porque sejam contra os direitos e garantias constitucionais de defesa. Mas porque, no caso em questão, tanto o Globo quanto Merval alimentavam a esperança de que as prisões prolongadas atingissem um objetivo político desejado tanto pelos Marinho como por Merval: uma delação contra o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff.
Mais informações »
Posted: 29 Apr 2015 05:26 AM PDT
Caso de Jim Obergefell, que cuidou do marido John até que ele morresse, está no centro da ação que tramita na Suprema Corte americana
"Quando conheci meu marido, eu soube que queria ficar com ele pelo resto da minha vida, até que a morte nos separasse. A maioria das pessoas sente isso quando encontra o amor de sua vida", diz o americano Jim Obergefell, 48 anos, ao falar sobre John Arthur, seu parceiro por 21 anos.



"Mas a maioria das pessoas não imagina que a hora de se separar vai chegar tão cedo. Ou pelo menos, quando a hora chega, elas não imaginam que terão de lutar pela dignidade básica de ter seu casamento reconhecido", afirma, em um texto publicado pela organização de direitos civis União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês).

A história de Obergefell e Arthur ganhou atenção nacional e está no centro da ação na Suprema Corte (a mais alta instância da Justiça americana) que pode mudar os rumos do casamento gay nos Estados Unidos.
Mais informações »